Soldiet

Promoção

SISMUN INFANTIL

DESCRIÇÃO:
Echinacea purpurea
Os constituintes químicos da equinácea são o ácido caféico, ácido chicórico, polialcanos, polissacarídeos, tusselagina, acetato de bornil, alcamídeos, borneol, cariofileno, cinarina, equinacosídeo, isotussilagina. Segundo uma pesquisa realizada na Universidade de Connecticut, nos Estados Unidos, publicada na revista científica The Lancet Infectious Diseases, o consumo da equinácea pode reduzir em 58% as hipóteses de desenvolver constipações. O mesmo estudo, dirigido por Craig Coleman, indica ainda que a equinácea reduziria também o tempo de duração das constipações. A equinácea é, pois, tradicionalmente utilizada em situações de gripes, constipações, rinites e sinusites, uma vez que estimula as defesas naturais do organismo. No entanto, o seu efeito é, sobretudo, preventivo. Tem ainda propriedades protectoras do aparelho respiratório. É útil em casos de convalescença, sobretudo nos casos de infecções causadas por bactérias e vírus. É também usada em afecções cutâneas e herpes. Como a planta é capaz de aumentar a capacidade de resposta do sistema imunológico, é aconselhada para todos os tipos de infecções virais, bacterianas e por fungos, pois proporciona maior produção de anticorpos e glóbulos brancos.
A equinácea pode ainda favorecer a regeneração do tecido conjuntivo e da cicatrização. Como tal pode ser útil em casos de feridas, queimaduras e acne. É também referida como sendo anti-inflamatória e como tendo propriedades antibióticas.
Glycyrrhiza glabra
O Alcaçuz é útil nos problemas respiratórios porque combate os vírus que atacam o tracto respiratório, alivia sintomas como a tosse e as dores de garganta e ajuda a tornar mais fluida a expectoração. O seu efeito sobre as glândulas supra-renais torna-o útil no tratamento da síndroma da fadiga crónica, da fibromialgia e de outros distúrbios afectados pelos níveis de cortisol — a principal hormona supra-renal — no sangue. Pode ainda tomar–se a planta em todos os casos que envolvam inflamação. É especialmente benéfica contra hepatites, pois combate a inflamação do fígado e ataca o vírus que frequentemente desencadeia a doença.

INGREDIENTES:
Glycyrrhiza glabra, Alcaçuz (Raiz) 2%; Malva sylvestris, Malva (Flores) 1,5%; Sambucus nigra, Sabugueiro (Flor) 1,5%; Tilia europaea, Tília (Inflorescências) 1%; Mel Puro 0,5%; Equinácea purpurea, Equinácea (Raiz) 0,5%; Conservante: Sorbato de Potássio e Benzoato de Sódio; Excipiente: Água purificada e Sacarose.

INDICAÇÕES DE BOM USO:
Sistema imunitário
Constipações
Gripes
Tosse (incluindo a seca)
Asma
Inflamações orofaríngeas
Infecções Respiratórias
Bronquite
Insónias
Más digestões
Cefaleias
Cólicas gastrointestinais

MODO DE USAR:
3-6 anos – Tomar 1 colher de chá (5ml) 2 vezes ao dia.
6-12 anos - Tomar 1 colher de sobremesa (10ml) 2 vezes ao dia.

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR

DOSE DIÁRIA: 2 COLHER (20ml)
DOSES POR EMBALAGEM: 7

QT. DIÁRIA
Alcaçuz - 400 mg
Malva - 300 mg
Sabugueiro - 300 mg
Tília - 200 mg
Mel Puro - 100 mg
Equinácea - 100 mg

DDR-DOSE DIÁRIA RECOMENDADA